Seja qual for o seu sonho, comece. Ousadia tem genialidade, poder e magia.

1 de fevereiro de 2012


Avisos:
1)   O post é um desabafo
2)    Perdão por estar mau escrito.

   Das muitas coisas que eu aprendi lendo blogs de outras meninas, quem sabe a mais importante delas foi uma confirmação do que eu já sabia: todas nós temos problemas e vários problemas.
Tem muitas meninas que têm situações difíceis, eu entendo isso, mas olha: Sinceramente?  Eu não aquento mais muitas coisas, muita coisas mesmo.
Não sei por que meu pai me rejeita tanto......... Agora pouco ele foi comprar os material escolares dos meus irmãos e acreditem ele nem me chamou, nem falou nada, fez como se eu não existisse.

    Acontece que eu Tb estudo, ele nem perguntou se eu precisava de alguma coisa: caneta, caderno qualquer porcaria.......... Nem era tanto pra ele comprar, ela a consideração dele ter me chamado, falado alguma coisa.

Eu sei que pode parecer bobeira, mas eu me sinto tão mau. Na maior parte do tempo eu finjo não perceber ou não dar bola, mas tem horas que isso dói profundamente, até porque eu não sei de onde vem tanta indiferença.

Dane se Tb vou comprar minhas coisas com meu próprio dinheiro, mesmo que eu fique sem nada, eu nunca mais quero precisar dele pra nada.

Ele só faz algo por mim quando é obrigado, quando se sente pressionando pela minha mãe, aliás, ela é a única que eu sinto que me ama de verdade e com todo o coração é a minha mãe: ela se esforça tanto e eu admiro isso, ela tenta me agradar, é nessas horas que eu percebo que eu só tenho nela, e só ela.

Além da Ana é claro, mais sei lá ela eu ás vezes tenho ás vezes não, tem dias que ela se afasta.

Eu me sinto uma criança perdida no parque no fundo eu sou uma menina mimada que chora quando qualquer coisa dá errado.

5 comentários:

Sophie disse...

flor eu ja senti isso varias vezes diante de coisas que o meu pai faz com migo , ficava muito mau , mas depois passava !
agora vce tem que pensa na sua mae , que parece ser um amor de pessoa e que te ama muitto ! de o maximo de valor que vce puder nela ! mas nao fique mau em relaçao ao seu pai , acho que todo pai e assim mesmo !
se cuida !

Anita Perfeita disse...

Talvez falte vc cobrar:

-Ei não tá me vendo não?Eu existo sabia?

Ou talvez falte vc conversar a sós com ele:

-Pq vc me despreza tanto?Por acaso eu também não sou sua filha?

O melhor mesmo é encontrar um momento para dialogar com ele o assunto,pode haver um pouco mais aí do q vc pensa,procure sua mãe também,e outros parentes próximos,investigue!

Exija dele a verdade,olhe nos olhos dele para ter certeza q ele não vai mentir.

Pode ser também q os homens tem mania de achar q as meninas devem ser cuidadas pelas mães,pq não sabem na verdade como conquistar a propria filha,complicado.

Espero q vc converse com ele abertamente sobre isso,pq guardar mágoa é pessimo.

1 abraço ^^

C* disse...

a ana nao eh sua amiga

vc ja tentou conversar com seu pai?

vc trabalha?

to aqui

eu sinto a sua dor, é como se vc tivesse aqui

eu queria poder abraçar vc agora

Filipa disse...

Não, não és uma menina mimada que chora quando qualquer coisa dá errado.
Essa situação com o teu pai é muito dolorosa e deve provocar em ti uma angústica muito grande, não é?
É importante que percebas que tu NÂO tens culpa nenhuma nessa situação. É o papel dos nossos pais, cuidarem de nós, darem-nos atenção e tratar-nos com IGUALDADE.
Mas isso nem sempre acontece e lamento muito que tu estejas numa situação dessas.
Ainda bem que a tua mãe é muito próxima de ti...isso é optimo! Investe sempre nessa relação :)
Quanto a teu pai...não percas a esperança que ele venha a mudar um dia. Parece utópico, eu sei...mas Deus não dorme.
Filipa*

C* disse...

minha linda obrigada pela força la no blog

vc ainda ta no post do seu pai

aind adoi ne
to aqui
bjao

Arquivo do blog